Página inicial da Elnet [alt+0]
Buscar no site inteiro
| Busca avançada
Entrar
Salvar senha
Elnet Mobile (nova janela) [alt+2]
Receba nossas notícias no celular
Canais:
Operadora:
Número do Celular:
Receba nossas notícias pelo celular
Condições do serviço

Cancelamento
Newsletter
Receba nossas notícias e promoções por email
Nome:
E-mail:
Cadastre seu e-mail e receba nossa NewsletterCancelar o recebimento da Newsletter
Home » especial
Sexta Feira, 23/02/2007
A história de Joquebede
Uma mulher que, por confiar em Deus, mudou a sorte de seu filho
Ana Cleide Pacheco
Joquebede era uma escrava que estava vivendo um momento muito difícil para uma mulher daquela época. Havia uma ordem de Faraó para que fossem mortas todas as crianças do sexo masculino que nascessem dos hebreus, e foi exatamente no meio desta situação que seu filho nasceu. Tudo falava contra, tudo parecia impossível de se resolver, tudo apontava para a morte.

Ela o escondeu por três meses, até que um dia resolveu entregá-lo a Deus. E, ao entregar esta oferta, Joquebede desafiou o maior poder que havia na época – o poder de Faraó. Para ter esta atitude, ela precisou vencer alguns sentimentos. Um deles foi o egoísmo – abrindo mão do desejo de ficar com o filho para si, renunciou a qualquer tipo de limitação para entregá-lo ao Senhor, pois entendeu que se o menino permanecesse em sua companhia, o perderia por causa da malignidade que agia no Egito.

Outro sentimento foi o medo. Ela havia escondido o menino por três meses, atormentada pelo receio de perdê-lo. Tem gente que tem medo de perder o emprego, de ficar enfermo, da morte, e por isso são pessoas atormentadas, não têm paz dentro de si. Mas essa mãe se abriu para Deus e recebeu paz para viver o Seu plano perfeito.

Quando a criança, para escapar da morte, foi colocada sobre o leito do rio, Deus já estava preparando um grande milagre. Para fazer parte dele, entretanto, Joquebede precisou se apresentar à filha do Faraó. Não dava para retroceder, não dava tempo para ficar questionando. A criança fora apanhada pela filha de Faraó, e Joquebede, chamada para ser-lhe "ama de criação".

Isto só aconteceu porque Joquebede colocou Miriã, sua filha mais velha, para vigiar a criança que deslizava no leito do rio. Foi Miriã que ofereceu à filha de Faraó os serviços de sua mãe como "babá", o que foi aceito pela princesa. De fato, seu nome que hebraico "dbkwy" – Yowkebed – significa "Javé é a glória", indica que Joquebede foi uma promotora da "glória" de Javé.

Joquebede teve coragem e ousadia para vencer aquela ordem demoníaca. Ela desfez o edito que estava sobre Israel. Quando nos propomos a vencer tais sentimentos, estamos agradando ao Senhor.

» Matérias relacionadas
Série Especial: Mulheres da Bíblia
Ester – Heroína Involuntária
Rute, antepassada de Jesus
A transformação de Raabe
A vida de Maria Madalena
Maria, a escolhida por Deus
® ELNET 2006 - Todos os Direitos Reservados.
MK Shopping
BUSCA POR PRODUTO
Buscar produto