Página inicial da Elnet [alt+0]
Buscar no site inteiro
| Busca avançada
Entrar
Salvar senha
Elnet Mobile (nova janela) [alt+2]
Receba nossas notícias no celular
Canais:
Operadora:
Número do Celular:
Receba nossas notícias pelo celular
Condições do serviço

Cancelamento
Newsletter
Receba nossas notícias e promoções por email
Nome:
E-mail:
Cadastre seu e-mail e receba nossa NewsletterCancelar o recebimento da Newsletter
Home » jovem
Quinta Feira, 10/05/2007
Dons espirituais
Seja um jovem mais atuante na sua igreja colocando em prática os dons que Deus liberou sobre você
Bruno Barreira
A Igreja é um corpo que necessita da atuação eficaz dos seus membros. Todos devem ajudar de acordo com os dons que o Senhor liberou de maneira específica a cada um, para que o Corpo possa funcionar corretamente. A aplicação coerente da diversidade dos dons que é dada por um só Espírito, faz com que a Igreja seja rica e abundante na graça e no poder de Deus.

É dessa forma que a Igreja torna-se apta a cumprir o seu papel, dado pelo Senhor Jesus Cristo, porque os seus membros não são apenas meros expectadores, mas participantes ativos da obra de Deus. Trata-se da constituição inegável do que Cristo chama de Sal da terra e Luz do mundo. E é importante que o cristão já comece a desenvolver este papel ainda na juventude. É neste dia a dia saudável na igreja, com profunda cooperação, que nascem grandes líderes.

O apóstolo Paulo, por exemplo, exorta a Igreja para que não seja ignorante nesta questão. “Acerca dos dons espirituais, não quero, irmãos, que sejais ignorantes. Vós sabeis que éreis gentios, levados aos ídolos mudos (...) a manifestação do Espírito é dada a cada um para o que for útil. Porque a um, pelo Espírito, é dada a palavra da sabedoria; e a outro, pelo mesmo Espírito, a palavra da ciência; e a outro, pelo mesmo Espírito, a fé; e a outro, pelo mesmo Espírito, os dons de curar”. (1Coríntios12:1,7-9).

Paulo deixa claro que a unidade é atingida pelo Espírito, que distribui os dons de maneira correta. Cabe, portanto, aos membros aplicá-los da melhor forma possível. “Porque assim como em um corpo temos muitos membros, e nem todos os membros têm a mesma operação, assim nós, que somos muitos, somos um só corpo em Cristo, mas individualmente somos membros uns dos outros. De modo que, tendo diferentes dons, segundo a graça que nos é dada, se é profecia, seja ela segundo a medida da fé; se é ministério, seja em ministrar; se é ensinar, haja dedicação ao ensino. Ou o que exorta, use esse dom em exortar; o que reparte, faça-o com liberalidade; o que preside, com cuidado; o que exercita misericórdia, com alegria”. (Romanos 12:4-8).

Assunto prazeroso

A consultora e líder pastoral norte-americana, Nancy Ortberg, do Estado da Califórnia (EUA), diz que os dons espirituais constituem um assunto que sempre a deixou fascinada. Em recente artigo a revista Today´s Christian Womam, do grupo de mídia evangélico Christianity Today, com o título “How do I Uncover My Spiritual Gifts?” (Como Eu Posso Descobrir os Meus Dons Espirituais), a especialista dá algumas dicas interessantes para juventude.

“Eu amo esta questão. Descobrir e utilizar nossos dons espirituais é uma das mais excitantes aventuras que uma pessoa pode ter com Deus. A Bíblia diz que o dom espiritual são habilidades que Deus confere a todo adorador para servir e beneficiar o Corpo de Cristo (A Igreja). Passagens como 1Cotíntios 12, Romanos 12 e 1 Pedro 4 nos leva a detalhes específicos sobre o que esses dons são e como eles devem ser usados”, expõe Nancy.

A consultora explica que o exercício do dom espiritual se configura numa atividade que traz prazer para o cristão. E este pode ser justamente o caminho para que o jovem encontre a sua função. Algo que o fará ter uma profunda experiência com Cristo. “Está claro que todo dom espiritual é um reflexo da natureza de Deus, que você carrega dentro de si. E é exatamente porque o seu dom espiritual reflete o designo do Senhor e a direção dele para a sua vida, que você irá encontrar uma grande paixão, regozijo e satisfação em expressá-lo. Seu dom espiritual também será marcado pela busca de um grande aprofundamento espiritual em sua vida, porque Deus irá usá-lo de maneira poderosa, conectando você a ELE. Nesse relacionamento, serão expostas as áreas de sua alma que necessitam de perdão e redenção”, afirma.

Prestar atenção

Tendo estes princípios em mente, Nancy explica que basta buscá-los. “Note as coisas que energizam você e parecem vir naturalmente. Todo dom espiritual libera indícios. Seu dom espiritual fará com que você reaja de certas maneiras, numa determinada situação. Por exemplo, se existe um problema, pessoas com o dom espiritual de intercessão irão imediatamente dizer 'precisamos orar sobre isso', enquanto aqueles com dom de liderança irão começar a procurar soluções para o problema”, exemplifica.

O próximo passo é aplicá-los. “Uma vez que você já tiver informações suficientes para criar uma lista de possíveis dons (até mesmo dons de perdão, evangelismo, encorajamento ou hospitalidade), exercite suas opções. Um ótimo lugar para começar é tomando uma posição de voluntário em sua igreja. No momento em que você começar os testes, você irá discernir no que está indo bem ou não”, ressalta.

Nancy Ortberg ressalta ainda que só não podem faltar coragem e determinação nesta empreitada, já que somos os responsáveis pelo empenho de, a cada dia, conhecer mais o Senhor (Oséias 6:3). “Em 2 Timóteo 1:6, o apóstolo Paulo encoraja Timóteo a despertar o dom que existe nele. Nós somos responsáveis pelo desenvolvimento dos nossos dons. Esta dedicação irá mostrar a você como nós podemos ir profundo no relacionamento com Deus, assim que nós descobrimos o dom e passamos a vivê-lo. Como seria a Igreja e o nosso mundo se cada um de nós aplicássemos os dons que Deus nos deu?”, finaliza.

® ELNET 2006 - Todos os Direitos Reservados.